quarta-feira, 24 de março de 2010

Aniversariante da Semana: Tio Wilhelm Reich

Hoje é aniverssario de um dos mais polêmicos pensadores do sexulo XX, se você um Bonobo, gosta da sacanagem do funk, não tentou ser hetero-sexual, tentou ser feminista, transou com geral, usou (ou usa) drogas diversa e até mesmo para poder falar sobre mastrurbação dessa forma aqui, saiba que a sua vida (mesmo que tenha sido dificil) foi mais tranquila graças a esse pervertido, pois enquanto todos estavam falando de termos um comportamento púdico e falando para termos um bom carater. Titio Reich tava mandando Bronca no que a sociedade tava tentando esconder e falando "Que Carater de C* é Ro**". Para você ser contemporaneo e cosmopolita que consegue viver sua vidinha pacata e fala o que quiser, talvez não tenha percebido que para você ter essa vida muita gente lutou por essa tão sonhada "liberdade" de expressão.

Só para ficar mais claro quem foi o rapaz:

- Ele foi um dos discipulos disidentes do Titio Freud

- Dava grande ênfase à importância de desenvolver uma livre expressão dos sentimentos sexuais e emocionais dentro do relacionamento, ou seja, suruba livre galera (mas com amor)

- Postulou as funções do orgasmo (terapeuticamente falando).

- Defendia abertamente o swing e uso da camisinha, pois para ele o Oba-oba era saudavel.





Frases do Bacanas do Kara:

- A vida brota a partir de milhares de fontes vibrantes, entrega-se à todos que a agarram, recusa-se a ser expressa em frases tediosas, aceita apenas ações transparentes, palavras verdadeiras e o prazer do amor.

-O porquê de o funcionamento vital (inclusive o pensamento racional) ser tão temido, constitui um dos grandes mistérios da estrutura irracional humana.

- O que toda religião chama de 'alma' é o sentimento de si mesmo (self), um tipo de auto-percepção.

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. caracolis gastar o tempo indo no blog que não se gosta pra atacar, continua o meu desafio

    vc poderia ser menos covarde, e deixar seu perfil habilitado para eu saber quem é a mala da minha fã numero um

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    vivi 29 anos na Noruega onde fui psicoterapeuta na abordagem Reichiana. Agora estou aposentado e vivo mais retirado no Brasil. De facto, as suas colocações são corretíssimas e nesse sentido está de parabéns. Na minha prática clínica, muitas mulheres vinham para a terapia para fazerem sexo. Elas faziam e estavam felizes da vida. As mais ousadas, chegavam e se prontificam ao desfrute total de um orgasmo pleno e livre. Os toques ajudavam no processo. Sinto certa saudade desses tempos lá na Noruega, pois era uma delícia ser psicoterapeuta e ter uma clientela tão maravilhosa e avida para uns gostosos toques.
    Continue assim! Esse é o caminho!
    Reich foi o maior!

    ResponderExcluir
  4. Não digo em qual ou quais das categorias em enquadro, mas de fato tenho muito a agradecer ao titio Reich!
    rs...

    ResponderExcluir

COMENTA QUE EU GOSTO